5º Encontro São Brás em Transição

No passado dia 13 de Fevereiro realizou-se mais um encontro de São Brás em Transição. Reunimo-nos no bar do Museu do Trajo de São Brás de Alportel e tivemos a participação de mais um elemento, a Fernanda, que mostrou o seu interesse em participar activamente na iniciativa.
Segue abaixo os pontos discutidos.
  1. Divulgação
    1. A primeira versão do blog está praticamente concluída (faltam alguns conteúdos) e até ao final da semana fica pronto.
    2. O cartão/banner de divulgação está pendente (aguardamos novidades por parte do José). Para a impressão deste cartão há disponibilidade do Museu de SBA e, em caso de necessidade, iremos tentar pedir à CM.
    3. Surgiu a ideia de criar alguns cartazes “despertadores de curiosidade” para colocar em locais chave de São Brás para divulgação (talvez para o evento de lançamento, ver ponto 3)
    4. Foi sugerida a 1ª Segunda-Feira de cada mês para a realização de um encontro periódico. Este dia não ficou agendado pois a maioria não esteve presente.
    5. Iremos ter em conta eventos festivos de São Brás (Feira da Primavera, Páscoa, Feira da Serra, etc) e outros acontecimentos para nos envolvermos e a partir dos mesmos continuar a divulgar e apresentar a iniciativa.
  2. Próximo encontro (talvez a 5 de Março)
    1. Para este encontro ficou decidido que iremos entre 2 ou 3 de nós fazer uma breve introdução/apresentação da iniciativa, para integrar os novos interessados, e continuar com o mesmo formato de debate que temos utilizado.
    2. Seria interessante existir já algumas propostas/ideias de possíveis “coisas a fazer em SBA” para que, no concreto, estes novos elementos consigam identificar-se e ter vontade de participar activamente na implementação dessas ideias.
  3. Evento de lançamento da Iniciativa São Brás em Transição
    1. Decidimos que já faz sentido voltar a pensar na realização de um evento com convidados relacionados com a transição após o próximo encontro.
    2. Vamos voltar a contactar as pessoas envolvidas e tentar marcar esse encontro para o final de Março/início de Abril.
    3. Para este encontro seria interessante realizar uma análise acerca de SBA no que respeita a importação de alimentos e energia, dependência externa de matéria-prima e serviços/bens de consumo, estatísticas de empregos (por exemplo, a percentagem de pessoas que vivem e trabalham em S Brás), tratamento de resíduos, relação entre produtores locais e compradores, pobreza, situação escolar, etc para que seja apresentada aos participantes, servindo de base para um debate acerca do que pode ser feito em SBA no âmbito da Transição.
  4. Associação São Brás em Transição
    1. Reflectimos sobre a criação de uma Associação São Brás em Transição e os presentes concordaram em não avançar por este caminho. Vamos concentrar as nossas energias em conseguir fortalecer esta iniciativa, apresentando-nos como um grupo informal de pessoas residentes ou relacionadas com SBA preocupadas com a situação actual e que pretendem agir agora para tornar São Brás mais resiliente e feliz no futuro.
    2. No futuro, caso haja mesmo necessidade, voltaremos a pensar no assunto.
  5. Ajudada – Transformar o desperdício em alimento 
    1. Vamos criar um evento sazonal de Ajudadas para transformar o desperdício em alimento. Verifica-se que existem alguns terrenos com árvores de fruto ao abandono (laranjas, oliveiras, alfarroba, etc). O que propomos é tentar identificar todos os terrenos de São Brás onde isto acontece, contactar os responsáveis e propor que um grupo de pessoas se reúna para recolher estas frutas. Estas serão partilhadas por todos, transformadas (p.e. em azeite) ou também poderão ser oferecidas à população em algum evento onde a iniciativa esteja a ser apresentada (ou outro fim interessante).
  6. Introdução à Apicultura
    1. Iremos realizar um ciclo de troca de saberes dedicados à Apicultura. Começaremos por organizar uma sessão de Introdução à Apicultura e posteriormente com outras sessões para aprofundar o tema. Dentro de alguns dias o Emanuel irá sugerir uma data para esta primeira troca de saberes.
    2. Este evento poderá ser o ponto de partida para a criação de um primeiro grupo de trabalho, onde um dos projectos poderá ser a criação de colmeias comunitárias com a partilha de tarefas, mel e rendimentos entre cada elemento, por exemplo.
  7. Grupo de Artes e Grupo de Alimentação
    1. Abordámos também a possibilidade de propor à Lília que o grupo de teatro que se está a criar em SBA seja integrado no âmbito da iniciativa. A partir deste poderá ser criado um grupo de trabalho de Artes, onde um dos projectos é o grupo de teatro.
    2. O mesmo poderá acontecer com o grupo de pessoas aderente à Iniciativa aHorta. Tentar despertar junto deste grupo interesse em dinamizar um grupo com produção de alimentos, transformação de alimentos, troca/partilha etc
Anúncios
Categories: Notícias | Etiquetas: , ,

Navegação de artigos

Os comentários estão fechados.

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: